domingo, 11 de dezembro de 2011


O fim da semana. O fim do mês. O fim do ano. É o fim da linha, o fim da estrada, fim dos tempos! São tantos pontos finais para gente se adaptar e se permitir vivê-los. Espero que a gente sobreviva ao caos de encerrar essas frases e períodos da nossa história, com força e doçura para escrever os novos começos. E sonhar até o fim.

"Eu escrevo e te conto o que eu vi
e me mostro de lá pra você
guarde um sonho bom pra mim"

(Primeiro Andar - Los Hermanos)

1 comentários:

Nádia D. disse...

gostei do blog, ^^