segunda-feira, 29 de setembro de 2008

esse terá que se preocupar com minhas pausas intercaladas.
decifrar os enigma do bater dos pés.
se tornar aflito pelo excesso de vírgula.
compreender os rascunhos de gaveta.
fazer silêncio com meus gritos contra o muro. achar absurdo meu deserto de palavras. apertar forte a minha mão ao ver o morder dos lábios.

pois ele há de sacar.

ele há de sacar.

até mesmo a ausência de letras maiúsculas num post qualquer, desse lugar qualquer, para um tal qualquer, que me quer.

2 comentários:

Tatiana disse...

Jaque como você está inspirada!
Quem é ele que não se liga logo?

Beijos

Raul disse...

Nine... sua sensibilidade é fortalecedora, sabia?

Valeu... de verdade.

E que blog mais lindo esse seu... voltarei aqui viu...